Brasil é o sexto país do mundo em vítimas de violação de dados

violação de dados
2 minutos para ler

        Uma pesquisa recente da Surfshark revelou quais países tiveram mais usuários afetados por violações de dados em 2021. Os cinco principais, com maior número de violações de dados foram EUA, Irã, Índia, Rússia e França, sendo responsáveis por mais da metade de todos os vazamentos de dados em 2021.

      O Brasil ficou em sexto, com um total de 24,19 milhões de usuários brasileiros que tiveram seus dados pessoais violados. Por outro lado, o estudo descobriu que o Brasil apresentou queda de 30,9% nas contas afetadas em relação a 2020, caindo de 35,01 milhões para 24,19 milhões.

         O motivo dessa queda é que o país tem direcionado esforços na questão de segurança da informação. Novas normas sobre o tema colocam o Brasil hoje na 18ª posição no Índice Global de Segurança Cibernética 2020, ranking realizado pela União Internacional de Telecomunicações (UIT).

O surgimento da LGPD muda a forma de funcionamento e operação das organizações, ao estabelecer regras claras sobre coleta, armazenamento, tratamento e compartilhamento de dados pessoais, impondo um padrão sério de proteção e trazendo penalidades significativas para o não cumprimento da norma.

       Apesar de haver uma melhora no Brasil, o CEO da Surfshark, acredita que o crescimento de usuários violados realmente é alarmante no mundo todo. Quando essas informações caem em mãos erradas, muitos danos podem ser causados, mas também para as empresas. “Os criminosos podem usar os dados em vários esquemas ilegais, como e-mails de phishing, chamadas bancárias falsas, e até roubo de identidade”, explica. “Portanto, todos os usuários de internet devem se educar sobre privacidade online e tomar medidas preventivas para se proteger”.

      E aqui há uma oportunidade para as empresas que entenderem a importância da proteção de dados, não apenas pela sua obrigatoriedade, mas como um fator que pode melhorar a imagem dela, tornando-se uma vantagem competitiva.

Em uma época de grande incidência de vazamentos de dados e escândalos quanto ao seu uso indevido, se adequar às regras pode restaurar ou aumentar a confiança do consumidor nas empresas.

E aqui na DPOnet, deixar sua empresa em conformidade com a LGPD é muito prático, completo e acessível. Conheça agora! 

Por Vitória Ribeiro

REFERÊNCIA

Você também pode gostar

Deixe um comentário